Anuncie | Fale Conosco



Dois bebês dados como mortos "ressuscitam"; um no necrotério e outro prestes a ser cremado
Quinta, 21/11/2013 17:39
Por: Minas News
Mas Milagros não é a única a surpreender. Na China um bebê chinês que havia sido declarado morto no hospital começou a chorar momentos antes de ser cremado. O caso aconteceu na província de Anhui, na região chinesa oriental.

Um bebê do sexo feminino voltou à vida depois de ter sido declarada morta e permanecer em um necrotério na Colômbia durante quase dez horas. A menina se chamará Milagros, segundo sua mãe, que chegou ao hospital na quarta-feira (13/11)  com 27 semanas de gestação. A criança nasceu com alguns órgãos mal formados e dificuldade para respirar. Meia hora depois foi declarada morta. Encaminhada para o necrotério do hospital dez horas depois foi salva por um encarregado de serviços que notou que o pequeno "cadáver" se mexia. Quando ele a apanhou a criança abriu os olhos e começou a chorar. Com 880 gramas, Milagros foi levada para uma incubadora e, em seguida, encaminhada a um centro de saúde melhor equipado.  Sua saúde encontra-se estável.

Mas Milagros não é a única a surpreender. Na China um bebê chinês que havia sido declarado morto no hospital começou a chorar momentos antes de ser cremado. O caso aconteceu na província de Anhui, na região chinesa oriental.

Os pais do bebê, que tem menos de um mês e é do sexo masculino, haviam entregue o corpo do filho ao crematório, após o hospital atestar sua morte e fornecer uma certidão de óbito. A cremação foi cancelada quando se deram conta de que a criança estava viva e chorando.    

De acordo com o jornal Notícias de Pequim, o bebê sofre de má-formação congênita do aparelho respiratório. A diferença é que lá, segundo a agência de notícias Xinhua , um médico e uma enfermeira do hospital foram suspensos de suas atividades e terão seus procedimentos avaliados.


Desenvolvimento: qualitÉ! Tecnologia
Minasnews.com ® 2015. Todos os direitos reservados.
Mundo Dois bebês dados como mortos "ressuscitam"; um no necrotério e outro prestes a ser cremado no Minasnews.com
A notícia como ela realmente é! - suporte@qualitetecnologia.com.br